Correio Feirense - O portal de Notícias de Feira de Santana - Bahia

OFERECIMENTO

Após denuncia anônima, polícia apreende mais de duas toneladas de drogas em Feira de Santana

Publicada em 10/08/2017 ás 23:20:49

Droga apreendida

 Após denuncia anônima, policiais federais e militares apreenderam na manhã desta quinta-feira (10/08), no posto da PRF da BR-116 sul, em Feira de Santana, uma carreta com mais de duas toneladas de maconha (2.122,10 t), misturadas a uma carga de farelo de trigo. 

Os policiais estavam de campana desde a noite desta quarta-feira (09/08). Em uma das abordagens realizada nesta manhã, o cão farejador Athos da Rondesp detectou drogas na carreta.
“Recebemos uma informação na noite de ontem de que passaria por Feira de Santana um grande carregamento de drogas. A princípio não sabíamos que droga seria, mas por ser grande quantidade, desconfiamos que seria maconha. Montamos uma força-tarefa junto com outras forças policiais, a Rondesp Leste, a Cipe Litoral Norte, a PRF, além da Secretaria de Segurança Pública, dividimos as equipes na região procurando por caminhões bitrem, que seria o provável veículo utilizado para fazer o transporte. Desde ontem estávamos parando todos os caminhões com essas características e hoje, com a ajuda de uma cão farejador, encontramos a droga escondida na carga de farelo de trigo”, informou o delegado da Polícia Federal, Fábio Marques.
 
Segundo o delegado, esta pode ser a maior apreensão de maconha realizada na Bahia. Ele informou que a droga veio de Mato Grosso do Sul e o destino seria Salvador.
“Chamou a atenção a grande quantidade da drogas. Primeiro temos que saber a quantidade exata para depois saber o valor. O descarregamento está sendo feito e já foram encontradas drogas em uma das caçambas e também na cabine, vamos avaliar se existe droga na segunda caçamba”, informou.
 
De acordo com o delegado, duas pessoas foram encaminhadas para a delegacia. O motorista do caminhão e uma mulher, que ele afirma ser sobrinha dele e que nada tem a ver com o transporte da droga. Segundo o delegado Fábio Marques, a polícia vai passar para a segunda parte da investigação, que é averiguar quem seria o fornecedor e o comprador da maconha.
“A participação destas pessoas que estavam no caminhão foi o transporte. Geralmente uma carga com esta quantidade vem acompanhada de batedores, mas não identificamos nenhum outro veículo acompanhando a carga. O motorista será interrogado, será preso, encaminhado para o Conjunto Penal de Feira de Santana. Temos técnicas de investigação que nos permite chegar até o vendedor e o comprador”, afirmou.
 
Informações e fotos Gladson Santos 
 
Autor/ Créditos: Jorge Magalh�es

 

Leia Também