Correio Feirense - O portal de Notícias de Feira de Santana - Bahia

OFERECIMENTO

Policiais da 67 CIPM prendem arrombador com várias passagens pela DRFR

Publicada em 21/03/2017 ás 09:16:31

Leonardo Rosário

 Com dezenas de passagens pelo Complexo Policial Investigador Bandeira, o arrombador Leonardo Silva do Rosário, 30 anos foi preso na noite desta segunda-feira (20/03), por Policiais Militares da 67ª Companhia Independente da Policia Militar (67-CIPM), após ter praticado mais um arrombamento em Feira de Santana.

A prisão de “Leo”, como é conhecido no mundo do crime aconteceu em uma residência abandonada, na Rua Rio Itapemirim, Bairro irmã Dulce, após os militares o ter monitorado através de aparelho celular iPhone, que tinha acabado de ser furtado, no interior da empresa Ciplanta Floricultura, na Avenida Maria Quitéria.
 
De acordo com o Tenente Monte Nero, da 67-CIPM, comandante da guarnição que efetuou a prisão de Leonardo, o arrombador tentou escapar, mas foi pego e autuado em flagrante.
 “Após a proprietária do estabelecimento solicitar nosso apoio atreves do 190, ela nos informou que o aparelho telefônico era rastreado, nós começamos e segui-lo e conseguimos o alcanças já no Vietnã. Demos voz de prisão e ele tentou fugir, porem conseguimos prendê-lo e apresentamos a delegada plantonista, onde o mesmo foi atuado. Ele tem várias passagens, pelo mesmo delito, mas consegue ser liberado na audiência de custódia, devido as circunstâncias da Lei em vigor”, observa o militar.
 
No momento da prisão os PMs conseguiram recuperar, dois aparelhos de telefone celular e duas bolsas contendo cartões de créditos e documentos da proprietária da Ciplanta e da mãe da comerciante.
 
Nos últimos 30 dias, Leonardo arrombou a Igreja Internacional da Graça de Deus, que fica situada na Avenida João Durval Carneiro por três vezes onde o mesmo levou: um Notebook Apple avaliado em R$ 2.500,00, UM APARELHO Celular Motorola, cerca de R$ 3.800,00 em dinheiro, e uma bolsa contendo joias diversas da esposa do pastor da igreja.
Imagens das câmeras de segurança da Igreja flagradas no dia 15 de março.
 
A proprietária da floricultura, que preferiu não se identificar disse que a ação do marginal foi rápida. “Eu já tinha fechado a loja e de repente ele entrou e veio em minha direção e me disse: eu só quero os celulares e as bolsas, ele pegou o que queria e saiu correndo, mas graças a ação rápido dos policiais ele foi preso” ressaltou a comerciante.
 
Leonardo será encaminhado para a Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), onde ficara à disposição do delegado André Ribeiro, para que outras vítimas o compareçam para que seja feita o auto de reconhecimento, bem como seja arrolado um inquérito policial.
 

 

Autor/ Créditos: Jorge Magalhães

 

Leia Também